VOLTAR 09 DEZEMBRO 2019

OS VINHOS DO DOURO SUPERIOR | JORNAL DE NEGÓCIOS

Os vinhos do Douro Superior

Pode um vinho branco ser adequado a estes dias de chuva a meio do Outono? A resposta é sim se ele tiver corpo e alma. É o caso do Duorum Colheita Branco de 2018. É um vinho proveniente da Quinta do Castelo Melhor, situada a 500 metros de altitude na zona do Douro Superior, perto de Vila Nova de Foz Côa, em terrenos de xisto. O vinho é elaborado a partir de uvas das castas Castas Rabigato, Gouveio, Arinto e Códega do Larinho. 30% da produção foi fermentada em barricas de carvalho francês e o resto em tubas de inox a temperatura controlada. O resultado é um vinho amarelo dourado, com 13º, com volume e corpo e um final prolongado, com aroma frutado e boa acidez. É um daqueles vinhos que persiste na boca, bom para beber devagar, pessoalmente correu muito bem num fim de tarde entre dois dedos de conversa e umas tapas de queijo de pasta mole. Também se portou bem a acompanhar o peixe da refeição que se lhe seguiu.

 

Manuel Falcão, 29 de novembro de 2019 às 10:16
Jornal de Negócios

 

Os vinhos do Douro Superior | Jornal de Negócios

{idiomas}
{imagem}
{imagemlogo}
{idadetitulo} {idadetext}
{idadeentrar}
{copy}